terça-feira, 21 de julho de 2015

Não sei a que se refere

Há uns tempos um amigo meu veio cá a casa. Eu tinha de apanhar a roupa e pedi-lhe para esticar os braços, que eu metia a roupa nos braços dele à medida que ia apanhando.
O meu irmão vê a cena e diz com o maior ar de escravidão:
- Olha... foi assim que eu comecei.

Quer dizer, não sei do que é que ele está a falar, sequer! Já agora, ontem à noite esqueci-me de tirar o verniz dos pés antes de ir pintar as unhas das mãos. Tive de arranjar alternativa:


5 comentários:

obsidiana disse...

Ai tenho os pés numa lástima, mas ando tão aflita das "cruzes", que estou capaz de te pedir o irmão emprestado. ;P

Lani disse...

Ahahah é assim mesmo xD
Há que dar uma ajudinha :P *

o bo(l)bo da corte disse...

Pois... não se percebe bem porquê. Só pode ser má vontade. :-)

Anónimo disse...

O que eu me estou a rir!
Eu não o acredito como é que o convenceste a fazer isso.
Quais são os teus segredos?
Com o andar da coisa, ainda escravizas meio mundo.

Green disse...

ahahah, muito bom!