domingo, 26 de abril de 2015

Melhor personagem de sempre

Nestes meus longos anos de estudante, nunca apanhei um prof com uma pancada tão grande como o de fotografia. Relembro que o senhor está meia hora (literalmente) para dizer uma coisa que demora um minuto a ser dita, e que adora começar-se a rir sem quê nem para quê, como se tivesse umas piadas mentais hilariantes.

Só para que tenham uma ideia, na última aula ele começou a falar em fotografar um arco e no fim acabou a falar sobre as massas de ar.

Mas então na última aula ele disse que ia mostrar umas fotos dele, que tem andado a tirar há dois anos.
E atenção, que aquele senhor é prof de fotografia mas faz-me sentir uma profissional a um nível fantástico. Vocês não têm noção, mas ele nem focar as fotos consegue, muito menos enquadrá-las. 

Voltando ao que interessa, o homem começou as fotos dele e eis que chegamos a um conjunto de fotos de uma frigideira. Frigideira essa com uma mistura  tão nojenta que me deu vontade de vomitar. A sério, aquilo era uma camada amarela de nojice, gordura e porcaria.
Nisto alguém pergunta:
- Isso eram ovos mexidos?
Ao que ele responde com o ar mais natural do mundo:
- Acha que eu me lembro?

Eu sei o que é que vos está a passar pela cabeça: não, ele não é casado. Eu sei, é difícil de acreditar.

7 comentários:

Briana disse...

Essas personagens nunca são casadas.. é impressionante

Xiá CC disse...

Parecido com o meu prof. de ciências. Antigamente levava um pau para a escola e dizia que era fonte da sua sabedoria e inteligência e que o iluminou e iluminaria todos aqueles em que tocasse.
Outra: Em vez de um cinto usava uma corda. A explicação: Uma vez sonhou que estava numa floresta e um duende apareceu junto dele e disse: "a corda substitui o cinto". Ele escreveu cinto com s, fez um anagrama e descobriu que era verdade.

myblogtwtme.blogspot.com

o bo(l)bo da corte disse...

Difícil é acreditar que uma encomenda dessas um dia vai encontrar alguém que lhe cosa as meias e lhe lave as cuecas. eheheheh

Só por curiosidade: eu tive um prof de história que se dizia descendente dos Távoras e, por isso, não queria ouvir falar em nada relacionado com o Marquês de Pombal (que mandou matar os Távoeas...). E quando precisava de ir dos Restauradores para o Saldanha, descia uma paragem antes do Marquês, metia pela Av. Duque de loulé e apanhava outro autocarro na paragem a seguir.
Resta acrescentar que usava sempre fato preto e cartola. ahahah

Xiá CC disse...

R: Ainda à outra: a alcunha dele é sopas, ao que parece ele costumava dar uma receita de sopa aos alunos no início do ano!

o bo(l)bo da corte disse...

Mudaste a foto de perfil... :)

Mariana disse...

a questão que se impõe é: porque é que o teu prof tirou fotos a uma sertã? ahah

Green disse...

Professor universitário, todos têm uma pancada.