terça-feira, 4 de novembro de 2014

Discriminação

Vinha eu a sair da casa de carro com a mãe, quando vejo a cena mais macabra do dia:
Um carro fúnebre, de porta de trás aberta, e os gajos a tirar de lá as flores e a metê-las no lixo. Mas eu juro-vos, aquilo tinha caixão.  Foi muito de repente e a mãe não reparou se tinha ou não, mas tenho a certeza que tinha.
A minha mãe fica muito espantada e diz:
- Ai que coisa mais esquisita.
Eu- Não sei porquê. O morto não gostou das flores, também tem direito.

Ela perguntou se os meu colegas já se tinham apercebido da minha pancada. Não sei do que é que ela está a falar.

7 comentários:

Briana disse...

será que o morto era alérgico a flores?

JS disse...

Pode dar-se o caso das flores serem do funeral anterior e eles irem levar um caixão vazio a outro "cliente".
Quanto à segunda parte, acho que eles ainda não se apercebam da tua pancada, porque a fartura de parvoíce é tanta, que eles devem pensar que esse é o teu estado normal. eheheheheh

Indigo disse...

Que cena mais esquisita!!

ernesto disse...

Pode ser alérgico! Essas cenas são fodidas.

C. disse...

realmente, ela ta a falar do q mm? lol

Marisa Maria disse...

exactamente, o morto podia muito bem não gostar de flores.
Mas pior ainda é um funcionário de uma funerária ser alérgico a flores e não as conseguir ter no carro, isso deve ser lixado

Green disse...

Ahahah, só tu!