quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Boa Patrícia

Ontem, na aula de condução fiz uma rotunda que odeio (três vias, enorme, com montes de gente apressada) e comentei com o instrutor que ainda me atrapalhava imenso nas rotundas.
No entanto, continuei a pensar na porcaria da rotunda durante uns segundos e não reparei que a via se alargava e fazia uma outra via à minha direita.
De repente o homem toca-me no ombro, eu olho para ele e ele sussurra;
- Porque é que não estamos na via da direita?
E eu fartei-me de rir e lá corrigi a coisa. Mas  convém estar atenta que num exame de condução já nem mexia mais no carro...

7 comentários:

Green disse...

Mexer mexias, não o ias parar no meio da rotunda, lol

Phil disse...

Lolol vais vais ver que depois se trata de algo natural!!

Aaminah disse...

eu que já tenho carta há mais de um ano e conduzo todos os dias ainda não gosto de rotundas. Por mim era tudo corrido a semáforos xD

JS disse...

Não consigo perceber porque é que a maioria das gajas são umas atadinhas do catano, nas rotundas.
A sério, acho as rotundas a melhor maneira de regular o tráfego nos cruzamentos e a única dificuldade que encontro, é termos de circular nelas juntamente com os atadinhos que só sabem andar a direito.
Sabes que encontro montes de gajos que estão a circular numa rotunda e param quando veem um carro a tentar entrar?
Ainda não perceberam que quem está dentro da rotunda tem sempre prioridade.
A melhor que vi numa rotunda, foi uma gaja a fazer marcha-atrás, porque se esqueceu de sair. A besta não percebe que se continuar em frente, vai passar no mesmo sítio e pode sair onde queria. eheheh

Mas eu tenho muita fé em ti. Tenho a certeza que vais pegar no camião e não há ninguém que te pare. eheheheh

Marisa Maria disse...

Fizeste-me lembrar no meu exame, numa auto-estrada (eu raramente tinha conduzido numa auto-estrada) e andava sempre entre a faixa mais à direita e a da esquerda, porque não sabia qual escolher para ir para onde a examinadora tinha dito... não sei como consegui passar xD

Briana disse...

Eu antes também tinha imenso medo das rotundas.. Mas agora tudo corre bem

Sara disse...

Gosto do novo cabeçalho do blog!