sexta-feira, 21 de novembro de 2014

A coisa é assim:

Contei à minha mãe a cena do post anterior e a reação dela foi qualquer coisa como:
- Já? Mas essa não foi a professora que chegou há pouco tempo? És uma coisa impressionante.
E depois contou ao senhor que aqui trabalha que a sina dela em todas as reuniões da escola a que foi, era sempre:
- A Patrícia é muito bem educada e é boa aluna, mas não se cala um bocadinho.
Nhé, calúnias...

A verdade é que só falo nas aulas em que realmente, não dá para estar atento. Aquelas em que os prof's começam a ler os diapositivos tão depressa que nem sequer dá para passar nada. No entanto, estou sempre a tirar notas do que eles dizem mas de vez em quando, lá comento alguma coisa. E  a maior parte das vezes, até é sobre a matéria, só que os prof's olham sempre para mim nessa altura.

Portanto não sou faladora, tenho é um azar do catano.

6 comentários:

JS disse...

Os teus professores deviam receber um subsídio para comprar tampões para os ouvidos. :)

Briana disse...

Os professores é que têm pontaria de olhar só quando estamos distraídos

Green disse...

Ahahah, é uma boa forma de ver as coisas.

Anónimo disse...

Andas a laurear a pevide?
Fazes bem, que esta vida são dois dias e o primeiro está a acabar.

C. disse...

exaaaacto lol

Upsss! disse...

Se és faladora, devias optar por uma profissão onde te sentirias feliz, tipo professora, vendedora de pacotes MEO, porta-a-porta, ou apresentadora dos programas do Goucha. ;P