domingo, 7 de setembro de 2014

Ai a minha vida

A noite na sexta foi interessante. Um jovem ofereceu-se para me pagar duas bebidas, falámos um bocado e já me adicionou no face para falarmos. Outro obrigou-me a dançar kizomba com ele e depois não me largou mais.

E no dia seguinte, completamente sóbria (não que estivesse bêbada, mas estava alegre) percebi que tanto um como outro conseguiam ser mais feios do que eu imaginava.

O problema é que dei o número ao rapaz do kizomba (não me perguntem porquê, mas ele pediu e eu não consegui ser cabra e dizer "não. na verdade eu queria era o do teu amigo" - história para o próximo post - então dei). Dei e agora estou a ter uma overdose de corações, de "princesa" e de "fofinha". Deve pensar que isto é uma festa, o jovem.

6 comentários:

Jenna disse...

Pelo menos tens o contacto do amigo do rapaz interessante, pode ser que um dia ainda consigas falar com ele!

JS disse...

Essa história de pedir/dar o número a um com interesse no outro, por vezes deixa feridas difíceis de sarar.
You know what I mean?

Aaminah disse...

o álcool às vezes faz as pessoas parecerem mais bonitas xD

the friendly ghost disse...

Quer dizer que os dois juntos não dava para fazer um de jeito. ;p
Princesa e fofinha é... é fofo. Lool

Briana disse...

Ai que esses caramelos só me dão vontade de atirar da janela do meu quarto (é rés de chão)

Green disse...

É o álcool a fazer das dele.