quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Porquê a mim?

Anteontem estava a pintar uma cartolina com uma lata de spray. Aquela merda chegou ao fim e eu nem dei por ela. 
Depois quis ainda pintar uns botões, e aquela porra, por mais que eu tentasse, já não deitava nada. 
Só para ter a certeza que não era impressão minha, apontei a lata para a minha mão (tinha luva branca) e carreguei. 
Eu não sei bem que raio de força maquiavélica foi aquela, mas aquela merda deitou spray. Pior, deitou spray para carago e foi-me para a cara. E depois fiquei com os óculos todos prateados, foi lindo. Fartei-me de esfregar para aquela merda sair.

E depois disso, a merda do spray nunca mais funcionou. Foi só mesmo para me sujar.

7 comentários:

Briana disse...

ahah foi o ultimo suspiro do mal

Becas disse...

realmente, tens cá uma sorte ahah

Gonçalo L. disse...

isso é magia negra :D

http://echoesflashbacks.blogspot.pt/

Palavra Já Perdida disse...

Que karma espectacular :)
Mas os óculos ficaram fashion, vá !

Karina sem acento disse...

Eu diria que és quase pior que eu lol

Jota Esse disse...

Tiveste a lata na mão um bocado, aqueceu e dilatou o gás. Essa era a técnica que eu usava, quando fumava e o isqueiro ficava quase sem gás. Fecha-se na mão uns segundos e ele volta a acender.

Green disse...

Foi o último bocadinho de tinta :p