terça-feira, 16 de julho de 2013

Nunca mais lá ponho os pés, a sério

Antes da cena do último post, e ao entrar na fotógrafa, eu vejo o gajo e ao fim de uns segundos a avaliar o rapazinho, viro-me para a Patrícia e digo:
- Fogo, se eu vou para Coimbra e tu ficas aqui com gajos bons como este, eu juro que te mato minha cabra!

E nisto viro-me e vejo que tenho a sala toda (cerca de onze pessoas) todas a olhar para mim.
Sim, falei alto demais. E sim, depois foi bastante complicado não rir com toda a gente a olhar para mim e eu a morrer de vergonha.

12 comentários:

Marcela disse...

R: pareces ser muito divertida e assim, mas às vezes pareces ser mázinha

Daniela F. disse...

hahahahaha, fartei-me de rir com este post, só de imaginar

Ana disse...

Ahahahahah vives cada peripécia...

anónimo (registado) disse...

Confirma-se que o hábito não faz o monge.
No teu caso, debaixo dessa "burka mental" redutora do horizonte ao mero rectângulo quadriculado da rede mosquiteira (eheheh), há um oceano de ideias pecaminosas.
Se calhar é por isso que vês "maldade" em tudo. Diz o provérbio que "o bom julgador, por si se julga". Looool

Como diria um amigo meu, estes comentários sarcásticos mais não são que pazadas de terra na minha própria sepultura. xD

Marcela disse...

R: não te consigo explicar, até pode ser só impressão. Mas não fiques chateada

Marcela disse...

Então assim sendo retiro o que disse :)

my pleasure disse...

Hum.. acho que esta ainda foi pior :P Mas teve piada

Starlight disse...

Ahah, és demais xb

Athena disse...

Não interessa se ficaram todos a olhar para ti, se o gajo te ouviu ainda bem. xD Vai-se sentir elogiado.

Carolina. disse...

Queres ir para Coimbra? Estás a pensar tirar o quê? :)

Green disse...

Ahahah, só tu!

Ju. disse...

A sério, Patrícia? xD Ahahah
Beijinho*