sábado, 6 de outubro de 2012

Dos músculos


Ontem à noite a coisa até se aguentou bem, até ao momento em que me pus a chatear um amigo na rua (olhem, é aquele me faz cócegas) e ele se meteu a tentar fazer-me cócegas. Agarrei nos braços dele e começámos à roda feitos parvos: ele a tentar agarrar-me, eu a tentar fugir. Aí sim, já me estava a partir toda.
Entretanto cheguei a casa e pensei "oh, isto amanhã já está bom, vou correr" e liguei à Rita, que costuma ir correr comigo. No fim de me chamar doida umas três mil e quinhentas vezes, disse que também estava toda dorida dos músculos e que não ia. 
Oh sozinha também não vou, pensei eu.
E ainda bem que assim foi, porque hoje de manhã quando acordei, nem sair da cama foi a mesma tarefa. Aquele homem matou-me!

7 comentários:

B disse...

Amanhã já estás em condições!

miii disse...

Isso passa! Beijinho (:

Jéssica Pires disse...

Gostei do teu blog, segui :)

Patrícia disse...

B- Assim espero :D

mii- Espero bem xD

Jéssica- Obrigada :D

Noa disse...

As melhoras! :D

Patrícia disse...

Obrigada :D

Green disse...

Até te habituares, é perfeitamente natural.