sábado, 21 de janeiro de 2012

O episódio de hoje...


Hoje acordei eram nove horas e fui correr. Bem, só corri um bocado...
É que hoje estou naquele mood em que estou triste e não sei porquê. Mas pronto, corri até ao parque de merendas (posso passar à frente a parte em que fui outra vez perseguida por um cão, certo?) e depois fui para um sítio onde já não ia à muito tempo. É um canal do rio, mas de águas paradas, que  apesar de sujo, continua bonito e cheio de  vida. Ao lado há uma estrada de terra batida pequena, e eu sentei-me lá durante imenso tempo. Com a música calma e baixa, sentada na estrada de pernas cruzadas, com o sol a bater-me a ver os pássaros a pescarem. Estava lá mesmo bem. Não havia ninguém. 
E depois tive de sair da estrada porque apareceu um carro. Quando o homem passou por mim, olhou-me com um ar de "ok... a miúda estava sentada no meio de estrada de terra batida, a olhar para o canal...". Parou o carro mais à frente e começou a tirar a cana de pesca. E aí foi a minha vez de olhar para ele com ar de "a sério?! Vai mesmo pescar aqui? A água está toda suja, cheia de lodo e porcarias à superfície, não me parece lá muito bom, mas ok...". Opá não percebo nada de pesca, mas eu pelo menos não ia pescar ali...

E NUNCA, mas NUNCA mais vou correr para aqueles lados! Apanhei o maior susto da minha vida!
Imaginem-me a andar super descontraída pela borda da estrada, de regresso a casa, quando passei por uma casa que tem um doberman que normalmente está preso, por isso nem sequer olhei para dentro do portão. Quando de repente vejo aquela besta a correr na minha direcção, super mau (porque esse é mesmo mau). Opá dei um salto enorme, enquanto me desviava a correr do portão da casa. E o estúpido atirou-se às grades, a ladrar super mau, enquanto se babava todo e mostrava os dentes... Se a minha primeira preocupação foi afastar-me dele, a segunda foi ver se os outros portões da casa estavam fechados. E pelos vistos a dele também, visto que foi empurrar os outros portões, logo a seguir. A sério, nesta terra os cães têm todos uma graaaande pancada! (Claro que a minha princesa é a exceção...).

20 comentários:

Ervilha Coscuvilha disse...

Ai que medo, senti mesmo a sensação de ter um dobreman a correr atrás de mim, quando li a tua descrição. Foooogoo! MEDO!

Patrícia disse...

Ervilha- Tive tanto medo! É que normalmente os outros cães ladram mas nota-se que é por eu estar a correr e que nem são assim tão maus, mas este é mesmo mau! Até tinha aquelas placas a avisar "cuidado com o cão" e tudo. Mas a sério, ele era tão grande e estava tão mau! Só imaginava o portão a abrir-se... Demorei imenso tempo até recuperar do susto :p

Mariana disse...

Ai rapariga, sempre em apuros :p
Cuidado!

Beijocas

L.O.L. disse...

Tenho um pavor a esses cães que nem imaginas. Ainda bem que o pior não aconteceu. :)

guess disse...

Opá, tens é que arranjar companhia para correr. Isso de ires correr sozinha para sítios ermos não é bom... anda tanto doido à solta...
Bem e tu deves ter qualquer coisa que atrai os cães maus. E esse pessoal daí parece que só tem cães de m*rda. Um dia esquecem-se do portão aberto e é uma chatice...
Eu digo-te, gosto muito de cães mas irritam-me as pessoas que têm cães só porque "é bem". E se for cão de raça de grande porte, então ainda dá aquele estatuto de "poder" que, provavelmente, lhes falta na vida real.
É como eu digo: mandava abatê-los. Aos donos!

Estudante disse...

Tu tens cá um azar com os cães x)!

Patrícia disse...

Mariana- Não tenho culpa :p
Mas eu tenho :)

L.O.L.- Haha eu também! Principalmente quando estou sozinha e não há ninguém que me possa ajudar por perto! Começo logo a imaginar cenas xD

guess- Não tenho companhia! Mas sim, tenho de arranjar alguém, é verdade.
E eu estou sempre super atenta, para ver se vejo algum carro ou alguém ou assim :) Nesse aspecto sou bué cagadita :)
E sim! Opáa qui há montes de cães assim e normalmente têm sempre portões fracos! Por acaso este tinha daqueles portões bons, mas passei por um outro que só tinha uma rede com uma tábua a servir de portão!

Estudante- Haha mesmo! :D

CM disse...

Estavas num momento descontraído e calmo e depois apareceu esse cão para te assustar e afugentar a tua paz.. oh que azar! Ao menos, ao correr por causa do cão, acabaste por fazer o teu exercício matinal!

Patrícia disse...

CM- Haha exato! :D

Ghonce Palmer disse...

É que é mesmo, andam armaditos em espertos, que sabem tudo, são muito beras e tal, depois levam um bofetadão e ficam todos melosos e mariquinhas, distorcendo as histórias, olha, a sério, nem os topo, um dia passo-me...

Patrícia disse...

Haha mesmo! Olha no outro dia uma pita passou por mim e foi sempre a olhar com cara de cu... Com cara de má, mesmo. Eu esperei que ela chegasse ao pé de mim e perguntei-lhe se ela queria alguma coisa de mim para me estar a olhar feita parva. Haha tinhas de ver a cara dela. Falou super baixinho, toda cagadita e disse logo que não, e foi-se embora :D

alguém disse...

Também já fui perseguida por um cão quando vinha para casa.
Fiquei tão assustada!

Patrícia disse...

Fogo, é bué mau! Mas mordeu-te?

eu-sou-eu disse...

Eu acordei às seis e tal e já não consegui dormir. Às 8 vesti-me e também fui correr :)
Aqui o meu medo, para além dos cães, é das pessoas. Passei por cada um, jesus xD

Patrícia disse...

Hahaha eu só passei por velhotes :D

eu-sou-eu disse...

Eu vivo no guetto :$ Só há segurança ao pé da casa do PM :c

Lia disse...

ahaha adorei... o texto todo, mas principalmente a parte em que percebi que não sou a única estranheza a ir para sitios calmos, sentar-me nos sitios mais improvavies, a pensar no mais estupido ou simplesmente, como tu, a olhar para os passaros :$
adoro! e tenho pena de ha muito tempo nao o fazer.

Patrícia disse...

Eu adoro! Opá podes achar que sou uma grande croma mas adoro esse tipo de lugares, acho-os românticos. E olha que sou tão sonhadora/croma que à noite, quando estava quase a dormir, com a cabeça aninhada no colo do meu irmão, ia a olhar para as estrelas através da janela do carro e ia a sonhar imenso :D

Lia disse...

eu cá não te acho nada "croma"... esses sitios, e esses momentos calmos levam-nos para "outra dimensao"! percebo-te perfeitamente ;)

Green disse...

A câmara ou assim devia mandar limpar o rio, não? É que se é assim bonito como dizes, até é pena que estejas nesse estado.
Eu tenho fobia a cães, até aos meus, por isso nem sei o que faria no teu caso, mesmo com ele preso.