sábado, 14 de fevereiro de 2015

Foda-se

Cheguei agora a casa, estou estafada e cheia de dores de cabeça.  O ambiente de Hospital é realmente horrível.
Até agora sabemos que é um problema hepático, que está a afetar já o pâncreas e o coração. E o fígado não para de mandar toxinas para o corpo todo.

Isto é uma coisa monstruosa de se dizer mas eu preferia mil vezes que fosse o outro avô. A sério, dos meus quatro avós, este é de quem gosto mais e quem gosta mais de mim. Estivemos até agora à espera de falar com o médico mas ele não conseguiu (urgências cheias). Veio uma enfermeira falar connosco mas disse que não podia adiantar nada. Mas só pela cara que ela fez acho que toda a gente percebeu que a coisa está linda.

E depois vocês sabem que eu não sou uma gaja lamechas, mas tenho as minhas carências. E não estou a desesperar por namorado mas agora queria mesmo era um abraço de alguém especial que me dissesse que não faz mal eu estar a morrer de medo. E que posso parar de controlar os nervos e o medo e desatar a chorar feita maria madalena. E espernear e gritar aos quatro ventos que esta merda não é justa e que me estou a deixar ir abaixo para caralho. Queria mesmo um abraço desses.

17 comentários:

JS disse...

Se é isso que te apetece fazer, se sentes que precisas de chorar, não reprimas o choro.
Ter medo é humano. Quem é que nunca se sentiu encurralado, sem ter como fugir à realidade?
É a realidade que nos dá cabo dos sonhos...
Pronto, não sei o que dizer mais... é a vida. :/

Raspberry disse...

Espero que as coisas comecem a melhorar rapidamente. Muita força e um abraço apertado e se te apetece chorar, não tenhas medo, chora o que for preciso porque no final vais ver que te sentirás mais leve.

Cátia disse...

As melhoras!!

Briana disse...

não faz mal nenhum ires-te abaixo e chorares até inundares a casa, de praguejares e de dizer o que te apetece contra a divindade.. Não te posso é dar o abraço (mas também não sou a pessoa especial)

C. disse...

Agora pensa em nós que trabalhamos lá... olha as melhoras para o teu avô, se precisares de alguma coisa, mesmo á distância, é só dizeres *

Sara* disse...

Um grande abraço blogosférico! Não é de certeza um dos abraços de que falas e de que precisas realmente, mas é sincero. Leio o teu blog todos os dias apesar de não ter o costume de comentar, gosto mesmo muito de o ler e espero que tudo se resolva pelo melhor. E acredita que é bom que esperneies, grites, chores e digas coisas "horríveis"...isso é normal e far-te-á bem para te libertares um pouco da dor. As melhoras para o teu avô! :)

CurlyGirl disse...

Não posso abraçar-te, mas estou a mandar forças. Espero que corra tudo bem.

Margarida disse...

Se queres chorar, chora... pode ser que te sintas um pouco mais aliviada. Vais ver que isto é só um susto e o teu avô vais recuperar. As melhoras (para ambos).

Bj
http://the-blog-ofmylife.blogspot.pt/

Sara disse...

Oh minha querida, muita força! E rapidas melhoras para o teu avô.

R* disse...

Epá isso não são nada boas notícias...
Espero que tudo melhore princesa :/ FORÇA!

umpoucodemim disse...

Tem calma. O pessoal do hospital tentará resolver tudo pelo melhor! Força lindinha!

Upsss! disse...

Não tenhas receio de mostrar as tuas emoções. Talvez do que precises mesmo seja de desabafar e chorar costuma ser um desabafo eficaz.
Sinceras melhoras do avô.

Lexie disse...

novo link: http://wheniwasjustastone.blogspot.pt/

Mariana disse...

Força! Vai correr tudo pelo melhor :)
(Finalmente fiz um blog. Ficava com imensa pena de vir aqui ao teu blog e rir-me imenso e não poder comentar! :p)

JS disse...

Então, "gaja", como é que vão as coisas?
Não dizes nada... desabafa pá. Não fiques dentro da "concha" a pensar sempre na mesma coisa.
Espero que, dentro do possível, esteja tudo bem. :/

TimTim disse...

força :S

Green disse...

Força*