segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Sempre a brilhar

Eu no comboio. O comboio passa por uma ponte de ferro que está a ser arranjada. Um dos trabalhadores espera pela passagem do comboio enquanto olha para as pessoas. 
Olha para mim e diz-me adeus a rir-se bué.

Eu desato a rir sozinha. Mas a rir muito. À minha frente, mas do outro lado do comboio estava um rapaz que, como não tinha visto o homem, ficou a olhar para mim como se eu fosse portadora de uma deficiência grave e esquisita.

Normal é o meu nome do meio, juro.

9 comentários:

Beatriz Sousa disse...

ahahah estou a imaginar a cara dele xD

C. disse...

ahahahah xD

Evy Percebes disse...

Lololol

Green disse...

Hahahah, imagino.

Briana disse...

ahah

Tendencias Simples disse...

Lindooooooo :)

JS disse...

Olha que tu tens que ter cuidado. Não te voltes a sentar à janela quando houver trabalhos na linha, porque os gajos ficam embasbacados a olhar pra ti e esquecem-se de apertar as porcas.
Sabes que a CP cobra os prejuízos dos acidentes aos causadores dos acidentes? A sério, mesmo àqueles gajos que se "amandam" pra baixo do comboio, mandam a conta à família. xD

Angel Girl disse...

Hahaha, já me aconteceu uma coisa parecida xD

A.C. disse...

Ahahah adoro o facto de como maior parte das tuas postagens fazem me rir muito