quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Tinha de ser, a sério, desisto

Tive jantar de curso ontem. Antes do jantar, decidi ir à casa de banho. Pois chego eu ao corredor e a casa de banho as gajas estava ocupada, sendo que a dos homens estava livre. Pois obviamente que me enfio na casa de banho dos homens. 
Tranco a porta, faço a bela da mijinha e no fim, estava-me eu a assoar, quando um gajo me abre a porta de rompante e eu levo com a porta na cara.
E relembro, a porta estava trancada. Mas há fechaduras e fechaduras e aquela era a favor da violação aquando de uma bela mija.
Depois veio aquele bela conversa com o gajo meio de costas, meio a tentar ver se eu estava bem:
- Ai desculpa, estás bem?
- Estou, estou. Já me estava a assoar, é na paz, entra.
- Ai a sério desculpa.
- Na boa - puxo o autoclismo - força!

Saio com a pouca dignidade que me resta, mas agora com uma testa vermelha.

5 comentários:

Marisa Maria disse...

Prefiro esperar na casa de banho das gajas do que ir à dos homens

JS disse...

Ias sendo apanhada com as calças na mão. xD

Briana disse...

ahah e o rapaz nem percebeu que estavas a invadir a casa de banho deles xD
Essas fechaduras realmente são muito boas, ainda bem que já não estavas com calças e cuecas na mão (pelo que percebi já estavas vestidinha)

R* disse...

O menos o moço era bonito? É que pronto, a testa vermelha podia ter valido a pena.

Green disse...

Muitas vezes usei a casa de banho dos homens, mas felizmente nunca me deram com a porta na cabeça.