segunda-feira, 21 de julho de 2014

Ups

Estou a ajudar o meu pai. Ligam-me para cá, a dizer que é o vizinho de cima, e a pedir para encomendar comida.
No início da chamada eu percebi um "vizinho" mas como tinha voz de mulher, e eu percebo um bocado mal, pressupus que fosse mesmo uma mulher e que tivesse sido engano meu.

Assim que O vejo a entrar e a falar apercebo-me da merda que fiz. Era gajo. Com voz de gaja, mas gajo. Ele não disse nada, eu também não mas sorri simpaticamente tipo "epá olha, desculpa lá".  A sorte é que ele costuma cá vir muitas vezes e como já me conhece, não devia ter levado a mal. Espero.

7 comentários:

Briana disse...

Pode não ter percebido o engano

Yah Nick disse...

Coitado, na fala saiu à mãe.
Recomenda-lhe o tratamento que eu já receitei uma data de vezes à outra Patrícia.
Ele que passe pelas Caldas, compre um artefacto de loiça tradicional, dos grandes e que o traga metido no cu, que engrossa a voz.
Não, não falo por experiência própria. Eu sou parecido com o meu pai e já nasci a falar grosso. :)

Carolina disse...

Secalhar nem percebeu xD

Corina de Oliveira disse...

ou se calhar ja ta habituado que o pessoal pense que é gaja xD

annie lancaster disse...

Nem deve ter percebido o engano.

Green disse...

Deixa lá, acontece...

JS disse...

O mal de que outros são vítimas, não me dá prazer, nem é alívio para os meus males. Só achei curioso e lembrei-me de te deixar o link.
Espero que entendas.