terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Porque quando eu for mãe vou ter voz de camionista machona

Ontem vi uma bebé mesmo fofa. Opá era das poucas que não me parecia uma esponja enrugada, toda roxa e mole, uma nhanhice. Não, aquela era mesmo gira!
Mas depois não sei o que é que era pior: se o facto da criança se chamar Maria da Luz, se o facto de a avó falar para ela como se ela fosse um cão. (ler as seguintes falas com aquela voz com que se fala aos cães. Aquela voz retardada e fininha, e com umas oscilações impressionantes entre o grave e o agudo, tipo montanha russa):
Anda à avó, anda!
Anda, vá, anda cá. Liiiinda!
Quem é linda quem é? Quem é? Oh coisinha boooua!
Mimiiii, ó Mimiiii! Oláááá! 
A avó tem óculos de sol, não tem? Pois tem!

Coitadinha. É uma sorte se crescer saudável e sem nenhum trauma.

3 comentários:

Anónimo disse...

Devem-te ter feito o mesmo e os resultados estão à vista. eheheh
Tadinha, aposto que há no Sobral Cid malucos com mais juízo do que tu. xD

Gonçalo L. disse...

coitada da cachopica haha

http://echoesflashbacks.blogspot.pt/

Green disse...

Ahahah, só tu!