sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

O milagre das cuecas

Há uns tempos atrás a Patrícia levou-me umas cuecas para a escola e disse:
- Olha acho que estas cuecas devem ser de tua casa. Eu tenho umas iguais e quando fui dormir a tua casa, devia ter trazido essas por engano, a pensar que eram minhas. Mas estão-me enormes.

Olho para as cuecas e noto que realmente a minha mãe tem umas cuecas iguais cá em casa. Espeto com as cuecas na gaveta da mãe e nunca mais me lembrei das cuecas.

No outro dia, a minha mãe chega ao pé de mim e diz:
- Olha, estas cuecas são tuas? Estavam na minha gaveta mas não são as minhas, são só iguais. As minhas estão aqui.
E mostra-me as duas cuecas.

E agora paira o enigma no ar: de onde raio surgiram a porra das cuecas? Não são da bicha, não são da mãe, não são minhas... Só vejo duas opções:
a) ou são do meu irmão;
b) ou deu-se o milagre da reprodução das cuecas!

Estou a brincar... é óbvio que não ia haver o milagre da reprodução das cuecas nésberdade?

4 comentários:

Jota Esse disse...

É a patrícia que anda com o gato a roubar nos estendais (manda o gato ao ar e ele na volta traz a roupa) e as cuecas são de alguma vizinha dela. :)

Rita S. disse...

ahahahahah nunca me aconteceu tal coisa :))

Green disse...

Não podem comprar mais cuecas iguais, ahahah

Luna disse...

Hahah as tuas cuecas fizeram o coito...xD