sábado, 6 de julho de 2013

Há quem tenha um harem, ele tem melgas

O meu pai tem uma pancada qualquer com melgas que eu ainda não percebi bem. Fica possesso e mete-se a tentar matá-las com um pano. Mas uma coisa mesmo creepy.
E, por obra do destino, as melgas adoram-no. Pode estar a sala cheia de gente, mas elas só lhe picam a ele.
Estávamos a jantar e a boua da mom decidiu que ter a janela aberta para refrescar era uma boa ideia. Obviamente que 5 minutos depois, tínhamos a cozinha cheia de melgas (e vivendo numa zona de campos, elas são todas aluadas).
Pois bem, e era ver o meu pai a andar de um lado para o outro com o pano na mão enquanto rogava pragas às bichas.
Eu já só deitava as mãos à cabeça e me perguntava porque raio ele não se podia sentar e comer normalmente. Até que depois levei aquilo para a paródia.

Ele- Odeio melgas!
Eu com voz de José Castelo Branco- Ai qu'horror, nem me diga nada! Bichezas asquerosas, nojentas! São mesmo pelo mal... Metem-me um'impressão...
Ele distraído- É que fico mesmo chateado!
Eu- Ai completamente! Uma pessoa até fica toda desnorteada, caredo. Depois até troca o creme de dia com o creme de noite e de manhã acorda com as beiças todas caídas, é um desastre. 
Ele a matar uma melga- Toma, já foste!
Eu- Anda, morre praí! Sua bicha possessa... falece! Anda, falece!

A minha mãe e o meu irmão a rirem-se que nem uns perdidos, o meu pai armado em Exterminador Implacável atrás das melgas e eu, tadinha, lá no meio a querer comer.

21 comentários:

Audrey Deal disse...

quando sei que estão melgas no meu quarto também faço um plano para as matar. ODEIO melgas e aquele barulho irritante... aiii

Kate disse...

LOL muitoooo bom!!

my pleasure disse...

também não gosto nada de melgas.. Normalmente também sou eu a unica mordida.. E depois fico cheia de comichão que até enerva.. Mas não ando a correr atrás delas

Mel Pereira disse...

Eu também não as suporto e elas sentem uma forte atracção por mim...

patrícia disse...

BICHA DO DEMÓNIO, AFASTA-TEEEE DE MIIIIIIIIIIIIIIIM, PALAVRAS QUE ME SAIRAM DA BOCA SEM PENSAR!

patrícia disse...

EU HOJE SOU SOFRIDA PORQUE NÃO CONSEGUI EVITAAAAR, AQUELA GUERRA SANGREEEEEEEEEEEENTA ANTES DE TU IRES JANTAAAAR, BI-CHA DO DEMÓNIO...

está tudo na música xD

A disse...

http://thehookline.blogspot.pt/

mary jane disse...

olha se caía alguma morta na vossa comida? :o

Rita . disse...

Ahahaha,, sou tal e qual o teu pai xD

Indigo disse...

Ahahahaha!! Adorei!!

Inês disse...

ahahahahah muito bom :)

anónimo (registado) disse...

Há quem seja mais sensível (no caso às melgas).
A sensibilidade não é algo que se ligue/desligue num interruptor.
Era bom que fosse...

Vanessa ൪ disse...

Obrigada :)

Ana disse...

Ahahaha Tenho que admitir que também não gosto nada de melgas(tenho um ódio de estimação pela maioria dos insetos, para ser honesta) e quando vejo uma lá por casa também lhes faço uma perseguição sem tréguas depois de ter pensado numa estratégia!:P

Daniela Santos disse...

Acho que a prenda ideal para o teu pai seria uma raquete eléctrica para matar essa bicheza toda!

Beijinhos (:

http://violetclouds.blogs.sapo.pt

Serena disse...

parece a minha mãe! ela é que também não pode ver uma melga à frente! aliás qualquer bicho voador nesta casa tem os dias contados

A. M. disse...

odeio melgas :o

Blackbird disse...

Ahaha até eu me ri ao ler esse dialogo!
Eu odeio melgas principalmente quando estou quase quase a adormecer e elas começam a fazer um barulho que me desperta e não deixa dormir!

Aaricia disse...

nós nem temos tido muitas melgas para aqui. É evitar andar com as luzes acesas.

Miss S. disse...

Fantástico!
Mas ninguém merece ser atacado por melgas!

Green disse...

ahahahah