quinta-feira, 20 de junho de 2013

Sim, eu sou uma pussy...

Encontrei isto no blog da Laura e oh senhores, como adorei!

"A minha mulher adoeceu. Estava constantemente nervosa por causa dos seus problemas no trabalho, vida pessoal e das suas falhas e problemas com os nossos filhos. Perdeu cerca de 13 quilos e pesava pouco mais de 40 quilos aos 35 anos. Ficou demasiado magra e chorava constantemente. Não era uma mulher feliz. Tinha dores de cabeça constantes, dores no peito e tensão muscular nas costas. Não dormia bem, adormecia somente de madrugada e cansava-se muito durante o dia. A nossa relação estava à beira da rutura. A sua beleza começava a abandoná-la. Tinha papos debaixo dos olhos, andava sempre desgrenhada e parou completamente de cuidar de si. Recusava trabalhar no cinema e rejeitou vários papéis. Perdi a esperança e pensava que nos divorciaríamos em breve… 

 Foi então que decidi tomar algumas medidas. Afinal, eu tenho a mulher mais bonita do mundo. Ela é a mulher ideal para metade dos homens e mulheres do planeta e eu era o único a ter o privilégio de adormecer ao seu lado e de poder abraçá-la. Comecei a mimá-la com flores, beijos e muitos elogios.

 Surpreendia-a e tentava agradá-la em todos os momentos. Enchi-a de presentes e comecei a viver apenas para ela. Só falava em público a seu respeito e relacionava todos os assuntos com ela, de alguma forma. Elogiei-a a sós e em frente a todos os nossos amigos. 

 Podem não acreditar, mas ela começou a renascer, a florescer… Tornou-se ainda melhor do que era antes. Ganhou peso, deixou de andar nervosa e ama-me ainda mais do que antes. Eu nem sabia que ela podia amar tão intensamente. E então percebi: A mulher é o reflexo do seu homem". 
 Brad Pitt

11 comentários:

Sónia disse...

Devo confessar, não é para mim, mas derreti-me!

somaijum disse...

Está feliz porque a gaja ganhou peso... é o marido ideal para uma MORSA. Ahahah

Rosa Metalizado disse...

arrepiei-me, será normal? (:

silvioafonso disse...

.



Eu vim aqui só pra te
ver, porque não é sem-
pre que se tem pela fren-
te um pote de fofura e
beleza como você mes-
ma diz no seu perfil.

Adorei, juro.

Beijos,

silvioafonso








.

knight errant disse...

E com as novas mamas de borracha é que deve dar tesão.

Catarina disse...

r: "A história acompanha a vida de Jane Quimby (Erica Dasher) uma adolescente problemática, e esperta, que consegue um emprego em uma empresa famosa e admirada no ramo da moda. Com uma idade inapropriada para trabalhar ela cria uma dupla identidade que fica dividida entre os delírios escolares e as responsabilidades no emprego. Jane se encontra perdida, uma vez que sua verdadeira idade não pode ser descoberta no seu serviço e tão pouco o pessoal de sua escola poderá saber onde está por trabalhar, porém esta sabe que não poderá perder esta oportunidade, pois quais são as chances de seu currículum ser confundido novamente e esta ganhar o cargo de extrema confiança, ser assistente de um dos maiores nome do mundo da moda, novamente?"

Blackbird disse...

Ao principio nunca imaginava que tinha sido o Brad Pitt a escrever isto! Derreti-me mesmo :)

my pleasure disse...

Grande Homem!!
Um homem que tem a noção que é importante a felicidade da mulher!

Margarida. disse...

Eu achei mesmo bonito :)

Laura disse...

ahah também tinha encontrado noutro blog :p

Green disse...

Fantástico e tão verdade.