domingo, 30 de junho de 2013

O ataque

Ontem, estava eu sentada nas bancadas à espera que os meus amigos jogassem, e vi-o. 
Grande, horrível, com cara de exterminador implacável e uma bazuca às costas.
Pronto, era só um aranhão mas era grande e andava depressa para caraças. E tinha as patas enormes, era nojento!
Ele ainda estava a uns metros de mim, nas escadas, mas o catano andava tão depressa que entrei logo em pânico.
Olhei para ele, virei a cara para chamar uma amiga minha e quando voltei a olhar... pff. Nada. O estúpido tinha desaparecido em dois segundos. Fiquei em pânico e a olhar para todo o lado enquanto era gozada por toda a gente. 
Passado uns minutos vi-o. E ele começou a andar para o meu lado de repente e o que é que eu faço? Levanto-me a correr e começo "Ahhhhh.......coise, coise, coise, deixem-me sair daqui!". Sim, super calma e ponderada. E não, não fiquei com montes de gente a olhar para mim...
Post agendado

4 comentários:

Rita disse...

Também me costumam acontecer cenas dessas , e fica toda a gente a olhar

Ju. disse...

Ahahahah, é impossível não me rir quando cá venho! xD
Beijinho*

Green disse...

São indefesos os pobre coitados.

Rita . disse...

Sou tal e qual