sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Da bicha

Nesta casa nem a cadela se aproveita. E já nem estou a falar no facto de a bicha me ir a correr para a varanda com a janela fechada, situação que normalmente acaba com um estrondo e a bicha toda doida a olhar para o vidro.

Ela é mimada. Muito! E teimosa, ainda mais.
Está a minha pessoa extremamente bem deitada no sofá, tapadinha e tudo, e a bicha no fim do sofá, com 3 almofadas à disposição. Três!! Todas iguais! E adivinhem qual é a almofada onde ela quer sentar a peida? Numa almofada que está em cima de uma cadeira, que por acaso é exatamente igual às três que estão no sofá. 
Começa a choramingar, a esticar-se toda para a cadeira. Eu digo que não e mando-a sentar-se no sofá. Ela choraminga mais alto. Eu mando-a calar. Isto repete-se 54345 vezes. Olhamos intensamente uma para a outra como se nos fossemos matar a qualquer momento. Depois ela começa a choramingar e a ladrar super alto, toda aborrecida por estar a ser contrariada. Eu mando-a calar e atiro-lhe uma almofada para cima, porque quero ouvir a televisão e ela não se cala.
Ela continua.
Tenho de levantar a peida e ir buscar a porra da almofada, para ver se a excelência se cala. Meto a almofada ao pé das outras, e ela deita-se, feliz da vida.
Puta.


5 comentários:

sanddi disse...

ahhahaahah a alteza é que manda :P

Joana disse...

Oh, até me deste vontade de ter um cão agora :) .. com os gatos costuma ser tudo mais silencioso... ou não. haha

Green disse...

ahahahah, parece que encontraste quem seja mais teimosa que tu :)

Paper Girl disse...

ahahah ela manda

Pi Maria disse...

Ahahah essa cadela sabe-a toda :)