sexta-feira, 27 de julho de 2012

Mentir é feio mas às vezes tem mesmo de ser!


O meu avô, tal como a maioria dos velhotes que andam na estrada, anda devagar. Muito devagar. Odeio andar com ele de carro porque não me dá confiança nenhuma e o carro também não é dos mais resistentes, vá. Mas pronto, ele anda devagar.
E tem o terrível vício de, quando chega a uma longa estrada perto de minha casa, ir devagar a "apanhar boleia" como ele diz, ou seja, a aproveitar a pouca inclinação da estrada.
Pois sempre que ele faz isto o que é que acontece? É montes de carros atrás. Pior ainda: é um traço contínuo e os pobres nem sequer o podem ultrapassar.
No outro dia estava eu a andar com ele e ele começou a fazer isso. Eu estava cheia de pena dos gajos que vinham atrás e a odiar o facto de saber que se alguém passasse de bicicleta, nos ultrapassava na boa, decidi intervir:
- Não podes andar mais depressa?
- Porquê?
Eu sabia que, se lhe dissesse que o facto de ele andar tão devagar me enervava, ela ainda fazia pior só para me provocar, por isso tive de arranjar uma desculpa.
- Epá... porque estou aflita para ir fazer xixi e quero ir para casa depressa!
E ele acelerou, começou a andar como gente normal, todo fofinho, só para eu não ter de aguentar muito tempo. 

E sim, eu sei que isto não se faz mas: ajudei as pessoas atrás de mim, deixei de me irritar com a velocidade a que ele ia e no fim ainda tive de me enfiar na casa de banho durante um bocado só para ele pensar que eu estava a aliviar a bexiga, por isso desta vez passa.
Post agendado

6 comentários:

Kim III disse...

Oh Patrícia, essa mentira é daquelas que não chateia ninguém, descansa :p

Soraia disse...

Não há paciência para andar com pessoas assim de carro :p
Por isso foi uma boa mentira :b

sanddi disse...

Foi uma mentira piadosa :)

Patrícia disse...

Kim III- Hahaha é verdade xD

Soraia- Não há mesmo! :o Credo, irrita tanto!

sanddi- haha pois foi :D

Runaway disse...

Ya, é chato ter um Porche e andar a estorvar o trânsito...

Green disse...

Boa tática! :)