segunda-feira, 26 de março de 2012

Just waiting...


Tenho medo que o futuro me traga algumas parecenças com o passado. Tenho receio e gostava de poder fazer alguma coisa para o evitar.
Sabem quando temos medo do que está para vir, porque sabemos exatamente como vai acabar? Não sabemos explicar como, mas é um pressentimento que temos e não conseguimos evitar.
Pode ser um aviso, para tentares mudar o rumo de tudo...
Mas, e se não estiver nas nossas mãos?
E se tudo depender de outras pessoas, de momentos, da vida, de algo que nos ultrapasse?
E se formos meros espectadores que apenas se limitam a esperar por esse futuro, cientes das consequências?
Há alguma coisa que possamos fazer para além de orar e esperar que apareça alguém que possa mudar tudo? 
Acho que não. Por isso é a única coisa que posso fazer: orar e esperar que esteja errada. Que apareça algo, alguém, a qualquer momento, e que mude tudo.

10 comentários:

cycle disse...

O Eiffel já não vai aparecer ;)

guess disse...

Tudo depende de outras pessoas, de momentos... tudo é consequência de qualquer coisa, a vida é uma cadeia de acontecimentos.
Penso que nunca somos meros espectadores. A nossa condição de seres inteligentes, leva-nos a interagir, a construir o nosso próprio caminho, embora com as condicionantes impostas por tudo o que nos rodeia.
Diria que a vida é, em parte, destino, mas com uma grande dose de intervenção. É como um caminho, um trilho traçado pelas forças da Natureza, pela erosão onde não permitimos que cresça erva e ramos que nos dificultem a passagem. Ou pelo menos tentamos.
Temos sempre medo do que está para vir. O futuro por vezes é assustador. Há alturas em que nos sentimos impotentes para alterar ou definir um rumo na vida. O medo faz parte da vida. Sem medo estávamos todos mortos. É o medo que nos leva a desviar dos perigos, a procurar caminhos com menos escolhos, embora continue a acreditar que muito do que nos acontece, acontece porque tem de acontecer. Podemos mudar as velas da embarcação, mas é o vento que nos leva a bom porto, ou nos afunda.
Tem calma. Não procures muito longe porque a felicidade está nas coisas mais simples da vida.

Angela ;) disse...

tenho um desafio para ti :)

Angela ;) disse...

tenho um desafio no blog :)

Rapariga dos caracois disse...

Olá, olá!
Passa pelo meu blog, tenho uma grande surpresa para ti! (:

Patrícia disse...

cycle- Haha sim, esse eu sei que não aparece xD

guess- Fogo, tu hoje estás inspirado :)
Mas sim, concordo com tudo o que disseste :)
Só é pena que às vezes essas coisas nos ultrapassem...
Mas deixa lá que isto passa :)

Angela- Obrigada! Vou ver :)

Rapariga dos caracóis- Vou já ver! Obrigada :)

guess disse...

Pois, não tenho nenhum desafio, escrevo. xD

Inês disse...

Oi? que filosofa...Se precisares de falar já sabes!
Beijinhos *

Green disse...

Vais ver que esse algo, esse alguém há-de aparecer e não só mudar tudo, como fazer com que tudo passe a ter sentido.

Patrícia disse...

Inês- Eu sei, obrigada :)

Green - Assim espero...