sábado, 11 de fevereiro de 2012

Ontem tive um pesadelo!


Acreditam que tive um pesadelo com a minha stôra de matemática? Mas foi mesmo daqueles sonhos sem pés nem cabeça (como todos os outros).
Foi assim: eu estava na sala de aula e ela estava a ralhar comigo. Não me lembro do que ela disse, mas sei que foi tão má que me pôs a chorar. Até os meus colegas estavam cheios de pena. Depois tocou e ela mandou-me embora, feita bruta. Eu saí e vim para o átrio (de uma escola que nunca vi na vida, era completamente diferente da minha). E, não sei por alma de quem, estava de mão dada com um rapaz que por acaso nem me dou muito bem (sim, eu sei, é estúpido mas ainda vai piorar). Estava eu de mão dada com o rapaz quando vejo que a minha mãe me tinha vindo buscar à escola de carro. Entrei no carro e lembro-me que a viagem era super longa (e eu vivo a 5 minutos da escola) e estávamos a andar por aquelas estradas no meio dos montes. Entretanto, estava-me eu a preparar para contar à minha mãe sobre a discussão com a stôra de matemática, quando o telemóvel dela toca e adivinhem quem era?? Ah pois é! Era ela!!! A bruxa ligou à minha mãe e contou-lhe a história toda à maneira dela! Só me lembro que a minha mãe estava "sim, sim... pois... e teve razão!... pois... faça isso!" e no fim, ela desligou, olhou para mim com cara de má e....

... acordei! Felizmente acordei!!

Acham que é melhor ter cuidado? Coitadinha, acho que estou a ficar maluca.

PS- Ah! Esqueci-me de mencionar que eu estava de mini-saia, vestida assim mesmo com um arzinho de... pronto! Opá que horror! Se algum dia me vestir assim, atiro-me para a linha do comboio, a sério..-

23 comentários:

patrícia disse...

Falta a parte da minissaia xD

Inês Miranda disse...

Haha coitadita de ti !

Inês Miranda disse...

Olha o rapaz é quem eu tou a pensar ?

Just Me disse...

que sonho estranho o.o

Patrícia disse...

patrícia- Haha pois é!!! Já está! xD

Inês- Haha mesmo! Não, nunca te falei dele... :)

Just Me- Mesmo! Mas os meus sonhos são sempre assim... nunca têm pés nem cabeça, nunca! :p

Filipa disse...

Eu também tenho esses sonhos estranhos, o problema é que depois nunca me lembro dos pormenores. A matématica também me dá pesadelos xD

Inês Miranda disse...

Patricia nao é mesmo o que eu tou a pensar , olha preciso de falar contigo já !

Patrícia disse...

Filipa- A matemática deve dar pesadelos a toda a gente! xD

inês- Ainda não percebi quem é que tu estás a pensar... Mas este não conheces de certeza/não sabes de quem eu estou a falar.
Não tenho dinheiro no telemóvel, vai ao face :p

Things disse...

que sonho...não queiras e sonhar por enumeras vezes com uma pessoa em que não consegues ver a cara. é tão esquecito.-.-

Inês Miranda disse...

Ok , ja vou ... deixa-me sou fazer uma coisa num instante

Patrícia disse...

Things- Os meus sonhos são todos assim, estúpidos xD

Inês- ok

Estudante disse...

ahaha :P as coisas com que tu sonhas!

Patrícia disse...

Sou tão estranha haha

S* disse...

Dizem que os sonhos têm significados ocultos... :P

Patrícia disse...

S*- Haha que medo! Não sei qual é o pior significado:
- Se no eu íntimo, adoro o rapaz com quem estava de mãos dadas (impossível);
- Se um dia ainda me vou vestir daquela maneira (matava-me! xD)
- Ou se a bruxa da stôra me vai pôr a chorar e a minha mãe concorda...
Espero bem que não tenha significado. Normalmente só sonho mesmo com porcarias xD

Just Me disse...

Mesmo, ele é lindo de todas maneiras x)
Os meus sonhos também não tem nem pés nem cabeça x)

Patrícia disse...

Haha se forem como os meus... até fico parva com tanta estupidez! xD

Inês Miranda disse...

Sem duvida que li mal Princesa ,

Patrícia disse...

Pois, eu percebi xD

Inês Miranda disse...

Haha pois percebeste xD

guess disse...

Coitadinha de ti, estás a ficar mesmo traumatizada com a bruxa. ahah
Olha, antes de te atirares para debaixo do comboio, tira fotos e mete no blog. ahah

Patrícia disse...

Haha estou mesmo! Ah tão querido, eu tiro! xD

Green disse...

Eu também costumo ter sonhos estranhos que não fazem sentido nenhum, mas confesso que nunca sonhei com professores.