quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Desculpem lá o número de posts que já fiz hoje


Mas é só para relembrar que sou uma estúpida. 
Sabem quando querem ajudar alguém, quando estão com imensas expectativas, quando esperam que tudo corra pelo melhor, porque essa pessoa merece? E quando pensam que estão a ajudar na felicidade dessa pessoa?
Agora imaginem que sai tudo ao contrário. Que, sem querer, ainda a deitam mais para baixo. E que, mesmo não tendo culpa diretamente, se sentem a maior aberração do mundo. 
Mas porque é que eu não estou quieta?

PS- Eu sei, isto tem andando pelas ruas da amargura mas aguentem lá mais este post deprimente, sim?

15 comentários:

guess disse...

Já não te posso ouvir (estamos muito longe ahah) dizer que és estúpida. Começo a pensar que, de tanto repetires, tu própria começas a acreditar.
É verdade, por vezes achamos que estamos a ajudar e fazemos merda. Às vezes porque a pessoa nem quer ser ajudada. Há pessoas que preferem ter um motivo para se lamentarem, do que ser ajudadas. Conheço algumas assim... mas não vou nomear ninguém ahah.

Patrícia disse...

É verdade! Ainda por cima é uma pessoa que não merece, que já por si tem muitos macaquinhos na cabeça e esta besta (ou seja, eu) ainda piora!!
E se estás a falar de mim, não preciso de ajuda, preciso que me internem! xD Sou tão estúpida pá!

Gasper disse...

Opá que coisa!! Que é isto? Não podemos levantar ninguém do chão, podemos dar a mão para ajudar a levantar. Se a pessoa ao agarrar a mão volta a escorregar e cair, a culpa não é nossa. É a puta da vida (desculpa lá linguagem, mas sem palavrões não me consigo expressar como deve ser :p)

André Gonçalves disse...

Estás aqui, estás a apanhar !

Patrícia disse...

Obrigada mas continuo a sentir-me culpada. Principalmente porque essa pessoa até uma certa raiva deve sentir de mim, e com razão! Era tão bom se me conseguisse bater a mim própria!

Patrícia disse...

André- Oh, é verdade muchacho! Sou uma coisa que até mete impressão! Pode ser que amanhã esteja melhor mas hoje só tenho vontade de me enfiar na cama para ver se não estrago o dia a mais ninguém. É que estou-me a sentir tipo merd* mesmo! Era a última coisa que queria fazer

patrícia disse...

A culpa não foi tua, de todo!
A sério, não te culpes. Se há aqui alguém culpado, sou eu, só eu.

guess disse...

Culpada, estúpida, feia, gorda...
Ainda agora eram só três e agora já são quatro.
E parva, já agora. ahah

patrícia disse...

O que é isto?
Achas mesmo que estou chateada contigo? Patrícia, por favor, pára lá de te lamentar. A culpa NÃO é tua, não tens culpa.
Quero-te do meu lado e não convencida de que estou contra ti, ok?

Patrícia disse...

patrícia- Não consigo patrícia! Fui eu que te disse para ires em frente. E depois ainda tiveste de ouvir aquilo! Devia ter sido horrível e a culpa é minha!

guess- Podes juntar mais à lista xD

patrícia disse...

Foste tu, a C, a J.. até a M queria que eu o fizesse!
Foste tu na altura, podia ter sido qualquer uma delas, ou nenhuma. E sabes bem que o queria fazer, só me faltava a coragem.
Esquece isto, a sério.

Patrícia disse...

Sim, mas para além de ter sido eu na altura, ele ainda te pediu aquilo. E não digas que estás bem, não podes estar! Eu própria já me imaginei na tua pele e não estaria bem...

«HeLena disse...

Pois isso costuma acontecer quando principalmente a pessoa não quer ser ajudada

Tbm já me aconteceu, acontece a todos =\

Green disse...

Essas situações são realmente muito chatas, mas tens de pensar que deste o teu melhor para ajudar, e não tens culpa que tenha corrido mal.

Inês Miranda disse...

Nao és estupida ,