domingo, 18 de dezembro de 2011

Recordações tuas


Tenho sono. Estou cansada. Tenho os pés gelados e a cama vazia. Sinto-me sozinha. Sinto a tua falta e sem querer, começo a relembrar o teu sorriso, o teu olhar, o teu toque, e os teus vícios. Começo a relembrar a tua companhia em noites como esta. A tua voz, apesar de não passar de uma memória, nunca me pareceu tão perfeita como agora. 
O calor das tuas memórias aquece a minha cama. Não tão bem como tu o farias, mas o suficiente para me fazer acreditar que uma parte de ti continua aqui, comigo.
E eu sei que mesmo sem te poder tocar, tu continuas a aquecer-me todas as noites com as tuas recordações. Com esse teu sorriso. 
E eu adormeço, na ilusão da tua companhia.

11 comentários:

André Gonçalves disse...

Penso que o Natal traz estas nostalgias ao pessoal, pessoalmente também estou numa fase de transição e o mais importante, a meu ver, é nunca colocarmos ninguém à nossa frente, certo ? :)

Patrícia disse...

Haha eu escrevi isto ontem, hoje estou assim mais para o tristonha... :(
Mas sim, certo! :)

Olivia disse...

Adorei o textinho :)

André Gonçalves disse...

É uma fase. Temos de a saber avançar :) vê um filme :b

Desatinado disse...

Do que tu precisas não é de um gajo. É de uma botija de água quente. eheh

Patrícia disse...

Olívia- Obrigada :)

André Haha acabei de ver um, ainda por cima dos lamechas ahah

Desatinado- Haha obrigada, olha oferece-me uma no Natal! :)

Soraia disse...

Tão bonito :')
Força princesa, melhores noites e dias virão!

Desatinado disse...

O gajo que te ofereça ou que te aqueça, olha o camandro.
Achas-me com cara de Pai Natal? eheheh

Patrícia disse...

Soraia- Obrigada :) E espero que sim...

Desatinado- Haha opá és tão simpático! E forreta! Primeiro dizes que preciso de uma botija de água quente e depois, quando ta peço, cortaste! És uma tristeza!! :)

Green disse...

Esses recordações fazem-nos bem, aquecem-nos a alma e o coração.

Patrícia disse...

Mesmo! :D