terça-feira, 8 de novembro de 2011

Havia uma rapariga...


Havia uma rapariga que era bonita sem o saber. Achava-se horrível, gorda, croma, chata, sem um pingo de interesse no sangue.
O problema dessa rapariga, o verdadeiro problema, é que ela nunca se tinha conhecido como sendo outra pessoa. Nunca tinha visto o quão inteligente era, o quão simpática conseguia ser, nunca tinha visto o brilho dos seus olhos e a sinceridade que lhe fluía pelo corpo. Todos sabiam que ela era uma pessoa de confiança, uma boa amiga e uma das poucas que permanecia ao lado deles, quando o mundo caía.
Todos o sabiam, menos ela.
E essa rapariga gostava de um rapaz. E gostava muito. Sofria quando o via triste e ficava radiante quando ele sorria, mesmo que os motivos a magoassem. Ficava nervosa quando ele a olhava e era capaz de atravessar o mundo, só para o ver feliz.
Infelizmente, essa rapariga não lhe dizia nada, por vergonha. Com vergonha de si mesma. E isso prejudicava-a, e muito, pois ela não encontrava coragem suficiente para tentar ser feliz. Era a única que não percebia o quão especial era.
Então, ela esperava, e adiava, e evitava qualquer tipo de contacto com ele. Todos à sua volta se perguntavam o porquê daquele comportamento, mas eu conhecia essa rapariga e percebia-a.
Com o tempo a passar, as coisas tornavam-se cada vez mais difíceis. A rapariga hesitava cada vez mais.
Um dia, ela conseguiu arranjar coragem suficiente para falar com ele e tudo mudou...

Eu gostava de saber o fim da história. Porque eu conheço a rapariga e sei que ela tem tudo o que é preciso para fazer o rapaz se apaixonar por ela.
E se não for esse rapaz, há-de aparecer um príncipe.
Basta ter coragem para tentar ser feliz...

25 comentários:

Susi disse...

Uma história bem bonita :) e espero que essa rapariga tenha muita sorte :)

patrícia disse...

Gosto tanto Patrícia, gosto mesmo!
Mas nem sempre é fácil ver como somos sem nos basearmos num espelho, ficar com esperanças de um amanhã melhor que hoje e ontem, e sempre..
é preciso coragem, é.. mas é tão difícil! :|

Patrícia disse...

Susi- Eu também espero o mesmo! :D

patrícia- Haha obrigada :)
Sim, nem sempre é fácil, mas é preciso essa coragem, mesmo que seja difícil... :D

patrícia disse...

Eu também espero MESMOO que ela tenha mais sorte :|

Patrícia disse...

Vai ter! :D

Mim disse...

Mas que bonita história Patrícia. E também uma grande prova de amizade.
E se for quem eu penso que é, nem precisa ser um príncipe. Mesmo se for um sapo, com o seu encanto ela vai transformá-lo num príncipe.
Agora é que percebi o que é que a balança viu em ti. loool

Patrícia disse...

Oh Mim, não sabes que estas coisas lamechas me deixam sempre de lágrima no olho?! Obrigada, muito obrigada :)
E sim, vai transformá-lo num belo príncipe... :)*

Panda disse...

Ainda há pouco escrevi um post (não tão bonito) sobre as mulheres que não arriscam... há que lhes dizer o que sentimos, eles não são bruxos.

Patrícia disse...

Fui lá dar uma espreitadela e gostei, grande verdade :)
"Não tão bonito"? Oh por favor, está bem bonito e este aqui não é nada de especial...
Mas sim, eles não são bruxos! :D

Gasper disse...

Ohh que querida! E se é quem eu penso, também é uma querida! Desejo mais do que sorte, desejo que consiga se ver como os outros a vêem.

Patrícia disse...

Obrigada :) E sim, também quero que ela se veja assim... :D

Dom disse...

Claro pah, o que há mais é gajos. Se eu não tivesse 60 anos, apresentavas-me a tua amiga e abalávamos os dois, montados num cavalo branco eheheh.

Patrícia disse...

Haha consigo imaginar o cenário... haha :D

Dom disse...

Qual cenário? Eu de bengala e ela a empurrar-me pra cima do cavalo? eheheh

patrícia disse...

Dom, imagino-te em cima de um cavalo branco com a rapariga.. a meio perdias a dentadura e tal, ahah

Patrícia disse...

Dom- Haha sim, esse cenário! :D LINDO!

Dom disse...

Vocês são a dupla de Patrícias mais engraçadas que eu conheço. Principalmente porque não conheço outra eheheh.

Y disse...

Patricia's Story ;)

Patrícia disse...

Haha sim :) Mas é "patrícia's story" com p minusculo

Patrícia disse...

Dom- Haha obrigada, a sério. Ficamos lisonjeadas :D

patrícia disse...

Ó Dom, por mais Patrícias que conheças, nós somos as melhores, por quem nos tomas?! :D

Fui apanhada pelo Y, ahah

Y disse...

Foste ;)

Cris disse...

Deste-me vontade de falar... de ter coragem e dizer...

Bárbara Silva disse...

- possa, são mesmo :b

Patrícia disse...

Cris- Fala, ganha coragem :)

Bárbara- Mesmo :D