sábado, 26 de novembro de 2011

Eu sei que o dia contra a violência doméstica foi ontem

Mas mesmo assim acho que não é tarde. Nunca é tarde.
Bem, o vídeo da nova campanha da APAV é bom. É mesmo bom!
Os números, esses a mim assustam-me. Fiquei chocada ao saber que o concelho onde vivo (esta pequena terra onde  não se passa nada) é um dos concelhos com maior número de casos de violência doméstica do PAÍS! E eu não conheço nem um. Ou melhor já conheci...

... Conheci uma senhora que trabalhava numa loja perto de minha casa. Era daquelas pessoas que se estava sempre a rir, toda maluca. E há pouco tempo morreu. O marido batia-lhe, e muito. Um dia abusou e ela teve de chamar uma ambulância quando ele saiu de casa. Quando ele soube, foi atrás da ambulância. Com uma arma, obrigou a ambulância a parar (à frente da esquadra da polícia), entrou na ambulância e matou a  mulher, assim, à frente da filha pequenina! Chegou ainda a matar um polícia e a ferir outro. Foi apanhado e agora está preso. Não sei se vai ter uma vida fácil por lá, mas nestes casos, era matá-lo pá! Que me desculpe quem não concorde mas é a minha opinião. E são poucos os casos em que sou a favor da pena de morte. Mas neste caso, sou.
Quem quiser pode espreitar o site da APAV

18 comentários:

Pedro disse...

Odeio qualquer tipo de violencia então essa se eu podesse batia-lhes o dia todo até cairem mortos nojo dessas pessoas!!
Quanto a pena de morte nao sei parece que quanto a mim não é castigo suficiente..
Deviam sofrer o resto da vida até apodrecerem!

D disse...

Totalmente de acordo! E nada mais a dizer é mata-lo e pronto!

Gasper disse...

Porra, era espancá-lo até à morte.

Patrícia disse...

Pedro- Pois... Este foi preso, mas os gajos das prisões não acham piada nenhuma aos cobardes que batem nas mulheres. É que ele depois disso já foi parar duas vezes ao hospital.

D- Mesmo...

Gasper- Estas coisas metem-me tanta impressão... Cobardes pá!

patrícia disse...

Eich, eu lembro-me disso!
A menina tinha 2 anos e viu a mãe morrer! :|
Que horror :s

Patrícia disse...

Sim... Na altura até apareceu nas notícias mas foi coisa passageira. Aqui é não se falava de outra coisa... -.-

sminovo disse...

"Primeiras": o link da APAV está a dar erro.
"Segundas": Não vou ver vídeo nenhum, porque se eu gostasse de filmes violentos, ia à net e sacava o Rocky IV.
E finalmente "Terceiras": Eu sou totalmente contra a pena de morte para estes casos. Pendurá-lo pelos tomates no candeeiro à porta do cemitério onde a mulher foi sepultada e deixá-lo lá até secar que nem um bacalhau, dava-me um gozo muito maior.

Y disse...

Odeio qualquer tipo de violência....

patrícia disse...

Sabes que eu vivo consideravelmente perto de ti e, consequentemente, também ouvi falar muito nisso, não sabes?

Belle disse...

Ai que horror :\ E coitada da filha que ficou assim sem ninguém de um momento para o outro, estas histórias são sempre de partir o coração.

Mim disse...

Um dos maus exemplos que me marcaram...
Infelizmente fui criado em ambiente de álcool e violência doméstica. Acho que isso fez de mim uma pessoa diferente, pela positiva.

Susi disse...

Esses homens de facto mereciam a morte. Não valem nada mesmo.

A Amora Preta disse...

Estas coisas que epá, uma pessoa fica parva :/ Mas neste caso não concordava com pena de morte. Sou a favor, mas em casos de pedofilia. Isso tira-me completamente do sério... Há gente que não faz cá falta nenhuma.
Este merece apodrecer na prisao, pena que não exista prisão perpetua por cá. A justiça por cá deixa tanto a desejar.

Patrícia disse...

sminovo- Já corrigi, obrigada :)
Haha também dava, também dava...

Y- Mesmo...

patrícia- Não, tu vives aí nessa terra que nem casas, nem carros, nada! :D haha estou a brincar mas podias não te lembrar...

Belle- Mesmo... É horrível...

Mim- Ainda bem! Nem todos os casos são assim, ainda bem que foi pela positiva :)

Susi- Mesmo!

Amora- Mesmo... Em certos casos a prisão perpétua era mesmo o melhor...

Inês Miranda disse...

É bem Patricia , é bem ....

Patrícia disse...

Ainda à bocadito falámos sobre o assunto :D

Green disse...

Eu sou totalmente a favor da pena de morte, não devia ter sido abolida no nosso país.

Patrícia disse...

Eu também concordo!