quarta-feira, 10 de junho de 2015

Família pipoca

Esqueci-me de vos contar mais uma pérola das minhas. No Domingo fui com a famelga à Springfield comprar uns calções para o meu irmão.
Estava eu lá muito sossegada a ver uns chinelos, e quando me viro de repente a mala bate nuns sapatos que estavam em exposição.

O que é que aconteceu? É que aquilo era uma parede com três prateleiras quadradas pequenas, para aí com uns vinte centímetros de lado, dispostas na vertical, cada uma com um par de sapatos.

Então a mala bateu na prateleira de cima. O sapato caiu e ao cair bate na prateleira de baixo, e os sapatos caem também. E estes ao cair, batem na última prateleira, a de baixo, e eles caem também.

Então a coisa resume-se a um barulhão tremendo de sapatos a caírem, eu a tentar agarrá-los a todos à medida que caem e a minha mãe do outro lado da olhar para mim com o ar de "tinha de ser".

Começo-me a rir, chamo o meu pai e digo muito aflita:
- Ajuda-me!

E os segundos seguintes foram isto: nós os dois, com três pares de sapatos, a tentar descobrir os pares e os lugares deles. Qualquer coisa como isto:
- Este é daqui.
- Não é anda, este é que é o 40.
- Ah, este deve ser daqui.
- E este daqui.
- Não, este par tem os números diferentes...

Até que por fim lá metemos o catano dos sapatos no sítio, e fomos ter com a minha mãe, que já nos estava a rogar pragas com os olhos.

7 comentários:

Marisa Maria disse...

que barraco! e do tipo de coisas que me podem acontecer --'

o bo(l)bo da corte disse...

Conseguiste bater o recorde de fazer cair peças de dominó, mas em sapatos. eheheh

Rita disse...

Só podia! ;)

Panda disse...

Ahahahah, oh Patrícia, és impecável!

Lea disse...

Eh pá...hilariante!!

Roger disse...

Ahahahah a tua vida é uma animação ;P

Green disse...

Ahahah, só tu!