segunda-feira, 11 de maio de 2015

Malditos sapatos

Depois de passar dois dias seguidos em cima dos sapatos do traje, os meus pés ficaram horrivelmente mal. Completamente feridos de lado e queimados por baixo, uma maravilha. Uma colega minha no fim até chorou de dores, tal era o estado dos pés. A sério, que sapatos mais ordinários.

E ainda por cima estava com um amigo meu que só andava a assapar e eu atrás dele, a descer a rua devagarinho tipo atrasada mental, e a gritar para ele andar mais devagar ou acabava a ter de me levar ao colo.

Hoje tenho os pés e as pernas num estado lastimável.

8 comentários:

o bo(l)bo da corte disse...

Não podes usar outros sapatos? Sei lá, compravas uns na mesma pretos, mas confortáveis. :|

TimTim disse...

isso passa

FME disse...

Por essas e por outras é que nunca me meti nisso dos trajes. Deus ma livre os pezinhos de tais maus-tratos!

Briana disse...

Bem vinda ao mundo dos sapatos de traje.. E quantas vezes não se anda descalça com os sapatos na mão

Salada de Fruta disse...

Aii sapatos do traje!
Para o sapato não "morder" e fazer ferida, põe um bocado de creme tipo nívea por dentro do sapato, onde ele faz ferida, quando os calçares.
Comigo ajudou bastante!
Beijinhos
L.

Salada de Fruta disse...

Sempre que vou para casa depois de um dia trajada pareço uma deficiente a andar. Não sei como por os pés e às vezes até ando de lado para doer menos, pareço mesmo uma atadinha. Uma atadinha assada ainda por cima, tal é forma estranha de caminhar. :p
Mas isso passa e vale a pena :)
X.

M. disse...

Fui para a senata aí em coimbra trajada. Os sapatos, em si, não me magoam, mas a sola é dura como cornos e cansa os pés. Ao vir embora, já doiam tanto, que eu e uma amiga vinhamos a caminhar, devagarinho, encostadas uma à outra, sóbrias mas a parecermos bêbedas.
Vida de estudante tranjado não é fácil. Por isso é que não adiro às 4feiras negras.
Mas, apesar disso, sabe bem vesti-lo :)

Green disse...

Disso confesso que não tenho saudades nenhumas.