quarta-feira, 6 de maio de 2015

A sério, só a nós

Ontem fomos filmar a curta de terror na qual sou uma psicopata, para uma casa de uns familiares de um amigo meu. Coisas a ter em conta:
1- O senhor está em frança, e a casa já é antiga, dos pais dele, penso. 
2- Não tem água nem electricidade porque nunca é usada.
3- Fica no cu de judas. Mas mesmo no cu de judas. Uma aldeia com meia dúzia de pessoas.
4- As casas à volta estão igualmente abandonadas.

Epá enquanto estávamos a comer à luz das lanternas, acabámos a falar de coisas paranormais. Não foram histórias com o intuito de assustar ninguém, simplesmente caiu na conversa e começámos a falar de sonhos lúcidos, cenas paranormais e de pessoas que conhecemos e que dizem conseguir ver espíritos. 
Ok que a ideia não era assustar ninguém, mas tendo em conta o lugar, ficou tudo com muito respeitinho e, porque não dizê-lo, borradinhos de medo.

Era meia noite e tal, estávamos já quase a terminar tudo, quando tivemos que filmar uma cena que não tinha cortes nenhuns. Começámos a filmar e a meio ouvimos um telemóvel a vibrar. Ignorámos, continuámos as filmagens e a porra do telemóvel sempre a vibrar no quarto ao lado. Assim que parámos, e visto que os restantes tinham o telemóvel consigo, dissemos a uma colega:
- Olha M, o teu telemóvel estava a vibrar dentro da carteira.
O telemóvel começa a vibrar outra vez.  Ela vai buscar o telemóvel e diz:
- Mas não é o meu...

Foi aqui que todos nós tiramos os telemóveis, e reparámos que nenhum deles estava a vibrar. A coisa resume-se a seis paspalhos, borrados de medo, a olhar uns para os outros muito calados do género "que merda é esta?". Depois alguém se lembrou:
- Foda-se M, tu não tens 2 telemóveis?!

E foi assim que a rapariga se lembrou que tinha levado o outro telemóvel com ela (não é costume) e esse realmente, estava a vibrar que nem um perdido dentro da mala.

Epá, a seguir rimo-nos imenso, mas que apanhámos uma borra do caraças, ai apanhamos.

12 comentários:

Indigo disse...

Eu apanhava um cagaço enorme!! Punha-me a correr daí para fora!

Ava DeLonge disse...

Eu morria de medo!

Cris Duarte disse...

Há sempre uma explicação lógica!! Pelo menos, assim gosto de acreditar! :)

o bo(l)bo da corte disse...

Ahahahah, um filme baseado em factos reais.

TimTim disse...

ahahahah

Anónimo disse...

Eu nem pensava em entrar na casa de novo, medricas que sou!

Lani disse...

Ahahah eu nunca mais ia lá xD *

Margarida disse...

Eu ria-me tanto... não acredito nada nesse tipo de coisas.

Estudante disse...

Ahaha x) muito bom!

Mia disse...

Que bom voltar a ver-te. Eu mudei de endereço e perdi o teu blog.

Little Mia.

Beijinhos

Briana disse...

ahah eu teria desatado a correr xD

Green disse...

Imagino, deve ter tido a sua piada... ahahah