sexta-feira, 20 de junho de 2014

Mas é suposto eu chegar aos 20 anos?

Por causa da cena dos filmes de terror, comecei a relembrar todas as vezes em que a minha família me tenta matar de susto durante um filme de terror. E depois cheguei à conclusão que já não devo durar muito. Reparem:

- Já por várias vezes, o meu irmão adormece na sala e ao ir para a cama, decide ter um ataque de sonambulismo. E aconteceu por umas três vezes eu, no fim de um filme de terror decidir ir à cozinha, e assim que abro a porta do quarto tenho o meu irmão em pé, no corredor, às escuras, a olhar não sei para onde, meio acordado, meio a dormir. Dizer que nestas alturas grito, é brincadeira. Eu quase deito a casa abaixo.

- Uma vez fui à casa de banho a meio de um filme, e quando voltei decidi não acender as luzes. Estava deitada na cama, e ao deitar a cabeça na almofada, sinto uma coisa peluda a mexer-se para cima de mim. Gritei, esperneei, atirei a coisa peluda para um lado e caí da cama para o outro. Isto enquanto a Patrícia me perguntava ao telemóvel o que raio se estava a passar. Depois descobri que a coisa peluda era a pobre da cadela que, enquanto eu tinha ido para a casa de banho, tinha decidido deitar-se ao lado da almofada e quando eu me deitei, decidiu pedir mimos.

- Numa daquelas partes de suspense em que nós temos a certeza que vai haver porcaria, o meu telemóvel decidiu vibrar em cima da secretária. Na altura tinha um chaço daqueles que parece um martelo pneumático a bater na secretária. Ganhei o susto da minha vida.

- Ontem, numa parte do filme bastante crítica, ouço passos ao meu lado, olho para a porta da cozinha, que estava às escuras, e apercebo-me de qualquer coisa a mexer lá dentro. Depois de uns segundos a pensar "vou morrer, vou morrer, vou morrer, ele está aqui, vou morrer", descobri que o meu pai tinha decidido ir beber um copo de água.

9 comentários:

Indigo disse...

Se não aguentas, não podes ver filmes de terror. Ou vê de luzes acesas com o som baixinho.
P.S. Ainda não consegui parar de rir com a cena da tua cadela. Pobrezinha....

Anónimo disse...

Não percebo é porque continuas a ver filmes de terror às escuras.
Aliás, não percebo porque é que continuas a ver filmes de terror.
És masoquista?

S* disse...

Ai credo, que energias más!!

Anónimo disse...

Credo, por momentos imaginei uma daquelas cenas de casa assombrada. Até fico com pele de galinha de pensar nisso.
Deves ser uma pessoa muito destemida. :D

Anónimo disse...

Ahahahaha a mulher dos sustos :D

Catarina disse...

Coitada de tua cadela!
Eu tenho a sorte de não gostar de filmes de terror :)

Green disse...

Tenho a dizer que tens visto muito bons filmes de terror, de contrário, não ficarias tão assustada com esse tipo de coisas.

*Nightwish* disse...

Acho que com esses sustos todos, vais chegar aos 120. Pelo menos, com problemas cardíacos já sabes que não morres!! xD **

Ana Nunes disse...

Fartei-me de rir com este teu post! Mas olha que a ver filmes de terror, qualquer pessoa ficaria assustadiça como tu :p eu tenho curiosidade de ver, mas nunca me aventuro sozinha, muito menos de luz apagada (sei que é muito mais emocionante), sou tão medricas!

http://inspiremewithmoments.blogspot.pt/