domingo, 1 de junho de 2014

Endless Love

Estou com uma preguiça que nem vos passa pela cabeça. Já há imenso tempo que não dormia até tarde, então hoje dormi. E agora estou deitada na cama, com uma vontadinha de não fazer nada que é coisa gira de se ver.
Estou a ver se a minha mãe se esquece da promessa que lhe fiz, porque a última coisa que me apetece é levantar a real peida e ir ensiná-la a andar de bicicleta. 

Nisto, e como se ser gaja já não incluísse momentos de deprimência sabe-se lá porquê, vou ver o Endless Love. Isto porque:
- Tem o meu Alex, e obviamente tenho de o ver só porque ele lá está, né?
- É daqueles filmes todos romântico-coisos, e estou no mood para isso.

Depois venho cá dizer de minha justiça.

4 comentários:

JS disse...

O problema de aprender a andar de bicicleta, é o medo.
Não há aí uma descida íngreme?
Vão para o cimo da rua, ela monta na bike e fecha os olhos, para não ver o perigo.
Quando chegar lá abaixo, se não aprendeu a andar de bike, aprende a andar de cadeira de rodas que é um mimo. Ahahah

Audrey Deal disse...

Gostava de ver esse filme mas não tenho muita paciência para filmes românticos xD

R: Boa sorte no exame querida

Anónimo disse...

Não me respondeste.
De zero a dez, quanto é que estás zangada comigo? :|

Green disse...

Confesso que é o tipo de filme que não me cativa.