quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Kel exemplos

Aquele momento em que vocês descobrem que a gaja que já foi apanhada em tudo quanto é sitio a... hum... prestar serviços aos rapazes de joelhos, é nada mais nada menos que a gaja que dá a catequese aos putos.

- Ora bem, hoje vamos aprender a rezar... tudo de joelhos!

Kel exemplos pá, kel exemplos.

27 comentários:

Rafael S. disse...

mudava de religião só para que a miúda me ensinasse a rezar!

(sou mesmo porco)

kel swag k bo tem knd usa kel «kel»

(aposto que tens uns air force branquinhos e uma sweat cinzenta no roupeiro... e um gorro bem grosso... aposto mesmo... kel swag...

Bea xD disse...

Uou :x

Rafael S. disse...

morada, se faz favor, tenho um pai nosso para aprender!!!

(haha got it)

Rafael S. disse...

...badalhoca... (mesmo assim, já sabes, estou à espera da morada!)

comigo todos os minutos são bem passados ;)

Hanna Marin disse...

e tudo de boca bem abertinha para rezar!

Rafael S. disse...

pois... compreendo... aqui também há, mas estava-me a apetecer uma portuguesinha típica, dessas que tanto dão catequese como o rabo... estás a ver?

pois... eh... eu sou o gajo mais convencido que alguma vez vais conhecer, 'miga!

Rafael S. disse...

só para dizer que odeio este tipo de cenas de responder no blogue do outro, é esquisito...

fi-lo só para experimentar (tipo os charros e isso), não gostei (ao contrário dos charros e isso), não vou voltar a fazê-lo (como não acontece com os charros e isso).


(que gira esta estranha necessidade de afirmar ao mundo que consumo estupefacientes...)

JS disse...

A religião, sempre a ensinar moral e bons costumes. eheheh

TimTim disse...

mt bem

Rafael S. disse...

por isso inventaram o botão que diz 'notificar' ou whatever...

mas vá, não te massacro mais, vou partir para outras alturas (ifyaknowwhatimean...lol)

Rafael S. disse...

tenho pára-quedas!

Rafael S. disse...

XD (imagina um sorriso máior q'o mundo!)

Rafael S. disse...

problemas... tenho muitos problemas...

Rafael S. disse...

na boa, dá-me o teu número...

(esquece, eu vou parar com isto... mas só por causa das coisas... estupidezaleatoria@gmail.com)

Rafael S. disse...

não, não, nada disso, eu dei-te o meu e-mail para me enviares um mail com o teu número, rapariga!

não percebes nada, pah!

Rafael S. disse...

say what?!?!

damn girl i wish you could see the piece of meat you're wasting.. uh, uh!

ok, vou tentar uma abordagem diferente (que nunca me deixou ficar mal)

hey, i just met you
and this is crazy
but, may i have your number,´
to text you maybe?

(tenta lá resistir)

Rafael S. disse...

...you lose...

epah, quando a música andava na berra resultou, sim! cheguei a usar com uma rapariga cá da blogocena e tudo (e olha que ela era universitária, logo tinha cabecinha, nada como aí a catequista que falas)

mas na vida real também chegou a funcionar umas quantas vezes... sou um gentleman...

Rafael S. disse...

dá-me o link, ainda não a ouvi e não estou em condições de fazer pesquisas...

(ao link anexa o teu número de telemóvel)


...so smooth...

Rafael S. disse...

ah ok, já sei qual é a música...

a minha irmã teve-a como toque de telemóvel durante uns tempos (mah sis haz dem swag)...

PS: eu sou um gajo das línguas, patty, eu trabalho com línguas, eu sei distinguir línguas... especialmente o inglês, o português e o dialecto da LS... que mania que têm de me rebaixar...

Rafael S. disse...

se é o que é preciso para ter o teu número, não me importo...

(omg sou tão romântico, como é que eu não tenho namorada?!)

Roger disse...

LOL how ironic xD
Razão tenho eu, quando digo que aquelas que parecem santinhas e todas católicas são as piores :P

Athena disse...

As catequistas também têm a sua vida... xD
Esperemos que não sejam os padres os apreciadores de tais serviços (acho que vou ser crucificada pelo Vaticano por ter dito isto!).

Rafael S. disse...

não me queres, 'né?

ok, compreendo... também, eu sou tão awesome que não me aguentarias, patty...

you lose.

(a chorar desalmadamente)

Rafael S. disse...

...

Rafael S. disse...

já comecei, não vejo como parar.

Anónimo disse...

É católica, ou chupa na rua das Mercês?

Green disse...

Bem... realmente! Dizem que as mais santinhas são as piores, e é verdade.