segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Digam lá se não é assim...

Serei a única a achar que as mães andaram todas na mesma escola? É que são todas iguaizinhas.
Já toda a gente reparou nisso, certo? E há que admitir que até tenho as minhas frases preferidas. Mas a que eu gosto mesmo, aquela que tem mesmo, mesmo, mesmo coerência, é esta situação:

Antes de fazeres 18 anos:
Enquanto fores menor de idade, quem manda sou eu!

Depois de fazeres 18 anos:
Enquanto viveres nesta casa, quem manda sou eu!

Por isso, caros seguidores menores de idade e que estão à espera dos 18 anos para poderem, finalmente, ver-se livre da frase "Enquanto fores menor, quem manda sou eu", esqueçam lá a independência, a liberdade, a doidice e a mania de que vão poder mandar na vossa vida. Ná cá tatuagens nem orelhas cheias de furos, nem noites loucas em casas de pessoas que os papás não conhecem, porque afinal de contas, enquanto viveres na minha casa, quem manda sou eu! 

Vão ter de continuar a fazer o que os papás querem e não vão ser bichas livres.

E já agora, os exemplos acima dados não são pessoais. E não disse se sou a favor ou contra as decisões dos papás nestas situações. Simplesmente foram exemplos que me surgiram.
Post agendado

12 comentários:

somaijum disse...

Não é obrigatório sair de casa. Eu com 17 tornei-me independente (e a maioridade era só aos 21) e continuei a viver em casa.
Pagava uma mensalidade estipulada pela mãe e governava a minha vida com o resto do ordenado.
Era como se vivesse numa pensão.
Agora toda a gente quer viver até aos 30 sem emprego e ainda exigem carro e mesada choruda para poderem percorrer os festivais de verão todos... "quesse dezer", os velhos só têm razão quando é pa pagar as contas? xD

Rose M. disse...

Ainda estou na fase do menor de idade

Cau disse...

Por acaso a minha mãe nunca usou a deixa de "Enquanto fores menor de idade, quem manda sou eu!", sempre usou a "Enquanto viveres nesta casa, quem manda sou eu!". Foi um bocadinho mais coerente, ahah.
Mas não a teve que usar muitas vezes, não sei se por eu ser certinha demais ou por ela não ter paciência para se repetir muitas vezes...

MV*T disse...

Eu na altura dos 16 (era aquela em que supostamente já se podia "beber" até mudarem para os 18)..tinha a ideia de que ia ser um bocado mais fácil e um bocadinho mais de liberdade. A minha mãe com a ideia oposta a minha, fez questão de em pleno dia de anos meter no estado do msn: "16 anos é uma idade não é um estatuto, parabéns" Digamos que ficou gravada. -.- **

Indigo disse...

Bem verdade! Se estamos na casa dos pais ele é que mandam!

Indigo disse...

Olha, enviei-te um email sobre uma rubrica que estou a realizar no meu blog ;)

Carolina. disse...

A minha mãe nunca me disse aquilo antes dos 18! Sempre usou a "debaixo deste tecto quem manda sou eu, quando tiveres a tua casa fazes como queres" xD

Briana Marques disse...

E muita vez no fim de sair de casa ainda continuam a resmungar com as nossas escolhas

Mel Pereira disse...

"Enquanto morares na minha casa..." (e neste momento que percebo que "o caldo está entornado") xD

Ju. disse...

A minha mãe sempre usou apenas a última frase, só para não haver confusões!
Beijinho*

Aricia disse...

Como eu te percebo.

Green disse...

É verdade, mas a liberdade conquista-se aos poucos, e com os anos consegue-se, é uma questão de confiança.