segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Conclusões de uma vida

É uma coisa impressionante. Estou quase sempre com o telemóvel comigo. A minha mãe acha que eu sou uma adicted no telemóvel, estou sempre às mensagens e com ele. 
Mas sempre que me ligam para dizer alguma coisa de importante, o telemóvel há-de estar no catano mais velho, só naquela de chatear.

PS- Peço imeeensas desculpas pela ausência de respostas aos comentários e por não vos visitar mas esta semana como tenho cá as primas, é complicado. Assim que conseguir, volto. Não me abandonem.
Post agendado

6 comentários:

somaijum disse...

Por mim está à vontade. Faz companhia às primas, volta quando tiveres tempo, que eu nunca te vou abandonar. xD

Tens é que publicar os tais desenhos que prometeste. :|

A. M. disse...

a minha é igual :p

Aricia disse...

PS: 18h ;)

Briana Marques disse...

ahah é como o meu.. mas a mim fica sem rede quando são coisas importantes

A disse...

Sou igual xD

Green disse...

Normalmente é assim. É isso e, quando estamos com o telemóvel ninguém se lembra de nós, assim que o deixamos algures, lembram-se todos ao mesmo tempo.