terça-feira, 13 de agosto de 2013

Coitadinha da criança

Ontem à noite dei numa de gaja creepy e meti-me a andar na sala, de um lado para o outro, a ouvir música e a mandar sms, às escuras. 
Nisto o meu irmão entra na sala de repente e solta um gritinho gay:
- Ahh merda! Que susto!

Ao que parece o bicho andava há imenso tempo à minha procura. Pensava que eu estava na cozinha e queria assustar-me. Chegou lá, deu um grito para me assustar e nada. Entretanto foi ao meu quarto e eu nada. Na casa de banho não estava. Nem no quarto dos pais. Nem na varanda da cozinha. Nisto começa a chamar por mim e eu nada. Como a sala estava às escuras não colocou a hipótese de eu lá estar, mas entretanto espreitou e viu um vulto na sala. Foi quando deu o grito gay.

E enquanto a bicheza andava à minha procura feito doido, eu estava muito descontraída a ouvir música e a andar feita zombie.
Post agendado

7 comentários:

Rose M. disse...

Que cromo pá

Evy Percebes disse...

lololol
:D

A disse...

Ahahahaa xD
P.S.: Oi Patrícia, sou a Rita do becauseboobies.blogspot.com, apaguei o blogue e comecei este, já te segui com esta conta :)

Mel Pereira disse...

O que o pobre rapaz atura... xD

Aricia disse...

O meu irmão às vezes também anda à minha procura e a casa nem é assim tão grande xD Mas anda à minha procura só para perguntar "que estás a fazer?" -.-'

Joana disse...

LOOOL... o feitiço virou-se contra o feiticeiro, claramente!

Green disse...

Ouvir música às escuras, é terapêutico.